Principal » Sustentabilidade » Pesquisadores publicam Atlas de Captura e Armazenamento de Carbono

Pesquisadores publicam Atlas de Captura e Armazenamento de Carbono

0 Flares 0 Flares ×

Uma versão preliminar do primeiro Atlas Brasileiro de Captura e Armazenamento Geológico de Carbono (CO2) foi lançada on-line na semana passada no site do Global CCS Institute, instituição que apoiou o projeto e é reconhecida internacionalmente pelo incentivo a ações para o desenvolvimento da Captura e Armazenamento de Carbono. A publicação, que detalha um levantamento feito sobre as fontes emissoras de CO2 e potenciais reservatórios geológicos para armazenamento no País, é resultado de um trabalho iniciado em 2007 pela equipe do Centro de Excelência em Pesquisa e Inovação em Petróleo, Recursos Naturais e Armazenamento de Carbono (Cepac) e Instituto do Petróleo e dos Recursos Naturais (IPR), ambos da PUCRS.

A pesquisa abrange toda a cadeia do processo, desde o desenvolvimento, o mapeamento de fontes estacionárias e gasodutos que podem servir como vias de transporte, investigação de potenciais reservatórios e avaliação para o armazenamento seguro a longo prazo. O relatório também avalia as mais prováveis tecnologias para capturar as emissões. A partir da análise dos dados coletados, foi identificado um potencial significativo de projetos de captura e armazenamento de carbono no Brasil em pelo menos cinco bacias sedimentares, a maioria relacionada com a produção de petróleo e gás.

A organização da primeira edição ficou sob responsabilidade dos professores da PUCRS João Marcelo Ketzer e Rodrigo Sebastian Iglesias, das áreas de Geologia e Química, respectivamente, além das geógrafas Claudia Xavier Machado e Gabriela Rockett. Cerca de 25 pessoas, entre professores, pesquisadores, alunos de graduação e pós-graduação de diversas instituições, estiveram envolvidas no trabalho. A versão final, que está sendo elaborada para a publicação pela Editora Universitária da PUCRS (Edipucrs) até o final do ano, será impressa e bilíngue (português e inglês). O Brasil não tinha um material com tal abrangência para consulta. Com o lançamento, o País se iguala aos Estados Unidos, China, Canadá, Austrália, México e África do Sul, que já contam com um Atlas.

 

Fonte: Ascom/PUCRS

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Empresas Gaúchas

"15 minutos e você bem informado"

6 de maio de 2015 Escrito por: Empresas Gaúchas
Parceiros Empresas Gaúchas
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×