Principal » Sustentabilidade » Ideias sustentáveis no turismo surpreendem mas ainda precisam crescer no Brasil

Ideias sustentáveis no turismo surpreendem mas ainda precisam crescer no Brasil

0 Flares 0 Flares ×

Muito mais do que atender bem o cliente, redes hoteleiras e estabelecimentos voltados ao turismo estão demonstrando que é possível surpreender em ações sustentáveis. Os projetos contemplam entre outras ações aproveitamento de água da chuva, geração de energia solar, uso de materiais reciclados e destinação adequada de resíduos. Os cases fizeram parte da programação do II Simpósio Nacional sobre Gestão Ambiental de Empreendimentos Turísticos (Ambientur) que acontece em Canela (RS). O evento é organizado pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – Seção Rio Grande do Sul (Abes-RS) e ocorre até quarta-feira (13/05) no auditório da Universidade de Caxias do Sul (UCS), em Canela.

A primeira palestra, da responsável pelo Centro SEBRAE de Sustentabilidade, Renata de Lima Santos Taques, trouxe números curiosos sobre a importância dos pequenos negócios no segmento de turismo no Brasil. Segundo dados do IBGE são mais de 5 milhões de Pequenas propriedades rurais, 1 milhão de bares e restaurantes, 265 mil salões de beleza, 36 mil pousadas, 98 mil oficinas mecânicas, 11 mil marmorarias e 9 mil lavanderias.

A coordenadora geral de sustentabilidade do Ministério do Turismo, Isabel Barnasque, alertou que apesar dos avanços ainda há muito o que ser feito na área.

– A Sustentabilidade é uma palavra bonita que está na moda, mas observamos que são poucos que possuem iniciativas práticas – disse.

A palestrante destaca o bom desempenho do Rio Grande do Sul, já que dos 10 certificados no Brasil que atendem a NBR 15401 que trata da sustentabilidade dos meios de hospedagem, 3 estão localizados em Canela. O objetivo do Governo Federal no segundo semestre do ano é fazer uma campanha de sensibilização em todo o país.

– Queremos sensibilizar empresários e o próprio turista. Temos uma campanha junto com as Nações Unidas que se chama Passaporte Verde e que são repassadas dicas de engajamento. Não é um selo e nem uma certificação, mas que serve para começar a pensar a sustentabilidade em meios de hospedagem e estabelecimentos de alimentação – completa Isabel.

A programação de quarta-feira (13/05) reserva o turno da manhã para visitas técnicas e à tarde apresentação de trabalhos e finalização com o painel sobre Tendências no Turismo. A realização é da Abes-RS e da UCS, com apoio da Associação Comercial e Industrial de Canela (ACIC), Prefeitura de Canela, Secretaria de Turismo de Porto Alegre e Prefeitura de Porto Alegre. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3212-1375, abes-rs@abes-rs.org.br ou pelo site www.abes-rs.org.br.

Fonte: PlayPress

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Empresas Gaúchas

"15 minutos e você bem informado"

13 de maio de 2015 Escrito por: Empresas Gaúchas
Parceiros Empresas Gaúchas
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×