Importância do JavaScript e de Brendan Eich na história da internet

0 Flares 0 Flares ×

brendan-eichCriador do JavaScript vem a Porto Alegre para a maior conferência do mundo sobre a linguagem. BrazilJS Conf  acontece nos dias 21 e 22 de agosto no Barra shopping Sul.

No início dos anos 1990 a maior parte dos usuários da internet utilizavam uma velocidade de cerca de 28,8 kbps. Com uma internet tão lenta e com páginas de web se tornando cada vez mais complexas, existia a grande necessidade de uma linguagem de programação client-side, ou seja, que fosse executada no navegador do usuário.  Dessa maneira, quando um usuário não preenchesse um formulário corretamente, não seria necessário esperar muito tempo para que o servidor exibisse novamente o formulário mostrando os erros existentes.

Em abril de 1995, Brendan Eich começou a trabalhar na Netscape. No mesmo ano criou o JavaScript, linguagem de programação client-side. Antes do lançamento foi nomeado primeiramente Mocha e em seguida LiveScript, para só então se chamar JavaScript.

Eich iniciou sua carreira na Silicon Graphics, trabalhando por sete anos em sistemas operacionais e sistemas de rede. Depois trabalhou por três anos na MicroUnity Systems Engineering escrevendo microkernels e código para DSPs, bolando a primeira portagem do compilador GCC para MIPS R4000.

Em 1998, Brendan Eich ajudou a fundar a Mozilla, trabalhando como arquiteto chefe. Quando a AOL desativou a divisão para o navegador Netscape em Julho de 2003, Eich ajudou a fomentar a Mozilla Foundation. Em Agosto de 2005, após atuar como líder de tecnologia e como membro do quadro de diretores da Mozilla Foundation, Eich tornou-se CTO da recém-fundada Mozilla Corporation.

Atualmente, Eich é um dos desenvolvedores mais respeitados do mundo principalmente, por conta de sua criação, o JavaScript. Em 2012 Brendan Eich esteve no Brasil para participar da segunda edição da BrazilJS Conf e agora está de volta ao país na comemoração dos 20 anos do JavaScript. A data será comemorada na quinta edição do Brazil JS Conf, que acontece no Centro de Eventos do Barra Shopping Sul, em Porto Alegre, nos dias 21 e 22 de agosto.

Hoje o JavaScript está entrando num processo de evolução, inovação e padronização, com novos desenvolvimentos, como Node.js, permitindo usar o JavaScript no servidor, além de APIs HTML5 para obter dados sobre a localização de dispositivos e características geográficas e muito mais.

O QUE É SERVER-SIDE E CLIENT-SIDE

A Dona Maria (client-side) vai até a feira do Seu Manoel (server-side). Para um desenvolvedor este momento em que ela vai até a feira seria o mesmo que digitar no browser um link como http://braziljs.com.br.
Ao chegar na feira do Seu Manoel, Dona Maria diz que quer uma laranja. O Seu Manoel (server-side) usará as linguagens de server-side para decidir qual laranja pegar, ou onde estão as laranjas. Assim, escolhe uma laranja (possivelmente de um banco de dados) e entrega para Dona Maria.
Quando a Dona Maria recebe a laranja, seria o equivalente ao browser terminar de carregar a página.
A partir daí, a Dona Maria pega a laranja e usa as linguagens de client-side para cortar, fatiar, fazer suco, jogar fora, etc. Que seria a mesma coisa que animações, validar formulários, cores, tamanho ou posições de coisas na tela, etc.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Empresas Gaúchas

"15 minutos e você bem informado"

10 de agosto de 2015 Escrito por: Empresas Gaúchas
Parceiros Empresas Gaúchas
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×