Principal » Acontece aqui » Ampliação e melhorias do Salgado Filho serão concluídas até 2021

Ampliação e melhorias do Salgado Filho serão concluídas até 2021

0 Flares 0 Flares ×

A nova administração do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, garantiu que a ampliação e melhorias das instalações devem ser concluídas até 2021. A direção da empresa alemã Fraport AG comunicou o início das obras em janeiro de 2018 e das operações em 2019 durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira (25), no Hotel Sheraton. O governador José Ivo Sartori recepcionou o presidente do Conselho Executivo da Fraport AG Frankfurt Airport Services Worldwide, Stefan Schulte, e a CEO para o Brasil, Andreea Pal.

Sartori destacou a importância da parceria com os alemães, colocando à disposição as ferramentas do Estado para auxiliar as novas empresas a se instalarem no aeroporto, como a Sala do Investidor, da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sdect). “Em nome das gaúchas e gaúchos, sejam bem-vindos. Somos sempre parceiros de quem quer investir aqui. A vinda de vocês aquecerá a economia do nosso estado e do país, gerando emprego e renda. Nossa sociedade agradece. Nas mãos da Fraport, o Aeroporto Salgado Filho será outro”, celebrou.

Sartori lembrou ainda da parceria da Federação das Indústrias (Fiergs) na busca de investimentos estrangeiros para o Rio Grande do Sul e a confirmação da presença da Fraport no Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA), de 12 a 14 de novembro, em Porto Alegre.

A Fraport administra 30 aeroportos no mundo e assumirá no início de 2018 a concessão de dois aeroportos brasileiros, em Fortaleza e Porto Alegre. A outorga pelo aeroporto gaúcho foi de R$ 382 milhões, valor 211% superior ao mínimo estipulado pelo leilão vencido pela empresa no início do ano (R$ 123 milhões). Já foram pagos R$ 290,5 milhões ao governo federal. A concessão será de 25 anos prorrogáveis por mais cinco. A estimativa é de que o número de passageiros aumente de 8 milhões para 22 milhões por ano até o fim do contrato.

“Tenho certeza que faremos o melhor para desenvolver esse aeroporto, pois sabemos o quão importante é um investimento desses para o bem-estar social, para atrair empresas e para a infraestrutura da região. Somos conhecidos como investidores e parceiros de longo prazo e queremos criar juntos o melhor aeroporto do mundo, com os melhores serviços e a melhor experiência para o consumidor”, ressaltou Stefan Schulte.

Andreea Pal será responsável pela gestão do Salgado Filho a partir do início de 2018 – a transição deve ocorrer até meados de março. Conforme a executiva, a empresa deve investir R$ 600 milhões na expansão das pistas de aterrissagem e decolagem em mais de 920 metros e outras melhorias até 2021.

“Temos uma experiência sólida internacionalmente e um bom nível de qualidade. Seguiremos os objetivos da Anac de ampliar aeroportos brasileiros e aumentar a competição. Temos mais de 240 milhões de passageiros transitando por nossos aeroportos todos os anos. Por causa disso, estamos convictos que somos os parceiros certos para Porto Alegre”, enfatizou.

Além de estender a pista, serão feitas outras melhorias em conformidade com as regulamentações nacionais e internacionais, tais como o oferecimento de uma conexão wireless (sem fio) de melhor qualidade, mais iluminação e melhores sanitários. Nisso, o aeroporto deve aumentar sua capacidade e segurança. “Todo o time está trabalhando muito para fazer a transição e para que, a partir de agora, até em dois anos, vocês tenham um aeroporto de ponta e moderno”, assegurou Pal.

Mais segurança

A preocupação com a segurança máxima do tráfego de cargas e passageiros é uma das principais preocupações da Fraport. “Quando se está na aviação, tem que operar com tolerância zero e com os padrões mais altos de segurança para que nada aconteça. Atualmente, a cidade acaba perdendo muitos negócios para outras cidades como São Paulo porque não se tem capacidade”, reiterou Schulte. As operações, segundo os executivos, não podem ser iniciadas com a estrutura atual do Salgado Filho.

“Precisamos trabalhar com os governos estadual e municipal para encontrar uma solução pacífica e mais aceitável no realocamento das famílias que moram no entorno do aeroporto. Já enfrentamos a mesma situação no aeroporto de Déli, na Índia, e resolvemos com tranquilidade”, explicou Andreea Pal. Segundo ela, as famílias devem ser realocadas para um local mais seguro até outubro de 2019, data prevista para início das operações.

As obras devem começar em janeiro de 2018 com a extensão da pista, melhorias na drenagem e ampliação do terminal. A previsão é de que, em até dois anos, as obras estejam 90% concluídas.

Potencial de desenvolvimento

A coletiva ocorreu após encontro pela manhã entre governo do Estado e Fraport AG, onde o governador e o presidente do Conselho Executivo da companhia oficializaram a criação de um grupo de trabalho (GT) para agilizar o processo. Farão parte as secretarias de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, dos Transportes, da Comunicação, de Minas e Energia e Casa Civil.

Líder no mercado

A Fraport AG é considerada uma das maiores companhias do mundo no segmento. É responsável pela gestão do aeroporto de Frankfurt, um dos principais da Europa, o qual opera desde 1936, e que possui mais de 81 mil empregados em sua estrutura. O faturamento da companhia em 2016 foi de US$ 3 bilhões.

 

Fonte: Governo do Estado

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Empresas Gaúchas

"15 minutos e você bem informado"

26 de outubro de 2017 Escrito por: Empresas Gaúchas
Parceiros Empresas Gaúchas
banner-discovery-sport-728x90
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×