Principal » Artigos » Quantos dias de férias tornam os funcionários mais produtivos

Quantos dias de férias tornam os funcionários mais produtivos

0 Flares 0 Flares ×

Por  Luciana Brito

No Brasil, os trabalhadores com carteira assinada têm direito a 30 dias de férias anualmente. No Reino Unido, são 28 dias menos os feriados. E nos Estados Unidos não há um período mínimo de férias garantido. Apesar disso, empresas norte-americanas como a Netflix e a Virgin Media dão aos colaboradores a opção de tirar quantos dias quiserem de férias.

Em artigo de 16 de maio no AllBusiness Experts, Stuart Hearn, consultor na área de recursos humanos e CEO da OneTouchTeam, plataforma de RH para pequenos negócios, analisa qual é o tempo ideal para um funcionário recarregar as baterias e oferecer o melhor desempenho no trabalho.

Assim como um bom sono dá ao cérebro as melhores condições de funcionamento, as férias dão aos trabalhadores a oportunidade de relaxar. No longo prazo isso é benéfico não apenas para o colaborador, mas também para o empregador, na opinião de Simon Briault, da Federação Norte-Americana de Pequenas Empresas. “As férias favorecem a redução no índice de absenteísmo e na incidência de doenças.”

Um estudo conduzido pela EY mostrou que quanto maior o período de férias, melhor é o desempenho do funcionário no retorno ao trabalho. Ele revelou uma relação direta entre a quantidade de férias e a melhora no desempenho. Uma empresa que passou a oferecer a opção de tempo ilimitado de férias a seus funcionários relatou um aumento de 200% em sua taxa de crescimento anual.

Definir o tempo ideal de férias para possibilitar que os colaboradores voltem com a melhor produtividade possível é uma conta difícil, segundo Hearn. O equilíbrio entre a vida privada e o trabalho é a chave desse cálculo.

Se as empresas querem de verdade obter o melhor de seus empregados, elas devem dar-lhes férias periodicamente e por tempo suficiente para que eles possam recarregar as baterias. Inclusive para aquele funcionário que insiste em não tirar férias, afirma Hearn.

E as ousadas políticas de férias ilimitadas da Netflix e da Virgin Media não necessariamente são as melhores soluções. Na verdade, elas têm sido criticadas por criar uma cultura de culpa que mantém o funcionário no local de trabalho, em vez de encorajar que ele tire férias.

Na Virgin Media, por exemplo, a política de férias da empresa estipula que um colaborador pode solicitar seu período ilimitado de férias somente quando estiver 100% seguro de que sua ausência não causará nenhum prejuízo aos negócios.

Fonte: HSM

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Empresas Gaúchas

"15 minutos e você bem informado"

25 de maio de 2015 Escrito por: Empresas Gaúchas
Parceiros Empresas Gaúchas
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×